• Enviamos para todo o Brasil!
  • Até 7 dias para devolver a compra
  • Em até 10x sem juros no cartão
0
Seu carrinho está vazio

Box hermann hesse

SKU: L99092424A
Valor no Cartão
R$ 209,90
Em até 10x sem juros
Valor no Pix
R$ 199,41
-5%
no PIX
Não sei o meu CEP
Gostou? Compartilhe nas redes sociais!
Produto indisponível!Podemos avisar você quando estiver disponível?

Descrição do produto

Três livros indispensáveis da obra de Hermann Hesse, um dos autores mais importantes do século XX. Esta coletânea de luxo - com os livros em novo formato, capa dura e pintura trilateral -  ainda conta com um livreto escrito pelo escritor e tradutor Marcelo Backes.

 

Prêmio Nobel de Literatura em 1946 e ícone da literatura alemã, Hermann Hesse é, sem dúvida, um dos mais renomados escritores do mundo. Filho de missionários, Hesse optou por não seguir o caminho dos pais e acabou se tornando muito popular entre a juventude ocidental. Demian é o primeiro grande livro de Hesse no caminho que o conduz a O lobo da estepe, considerado pela crítica sua obra-prima, e do qual Sidarta constitui a etapa intermediária.

Essa coletânea, incluindo as três obras clássicas do autor, é acompanhada por um livreto com o texto inédito Hermann Hesse e a bíblia dos incompreendidos, de Marcelo Backes. Abordando a importância do autor – inclusive para grandes questões atuais – Backes nos dá um panorama da vida e obra de Hermann Hesse e de suas influências no ambiente literário onde nasceu.

 

Demian (320 pág.)

Em Demian, um brilhante retrato psicológico, um rapaz começa a enxergar sua individualidade e percebe um mundo de possibilidades por trás das convenções que a sociedade havia lhe imposto. Emil Sinclair é um jovem atormentado pela falta de respostas às suas questões sobre o mundo. Ao conhecer Max Demian, um colega de classe precoce e carismático, Sinclair se rebela contra as convenções de seu tempo e embarca em uma jornada de autodescoberta e em busca de plenitude espiritual. Publicado originalmente em 1919, Demian é considerado um divisor de águas na trajetória de Hermann Hesse, reflete os questionamentos do escritor alemão acerca da natureza humana, com suas contradições e dualidades. Influenciado pelas ideias de Carl Jung, fundador da psicologia analítica, Hesse descreve o processo de busca do indivíduo pela realização interior e pelo autoconhecimento.

 

O lobo da estepe (416 pág.)

Considerado pela crítica a obra-prima de Hermann Hesse, O lobo da estepe conta a história de Harry Haller, um homem de 50 anos que acredita que sua integridade depende da vida solitária que leva em meio às palavras de Goethe e às partituras de Mozart. Um intelectual tentando equilibrar-se à beira do abismo dos problemas sociais e individuais, ante os quais sua personalidade se torna cada vez mais ambivalente e, por fim, estilhaçada.

A primeira parte do livro é o pesadelo do lobo Haller, sua depressão e sua incapacidade de se comunicar que está na base da crueldade e da destruição. Na segunda, o lobo se humaniza, através da entrada em cena de Hermínia, que tenta reaproximá-lo do mundo, no caso uma comunidade simplória, com salas de baile poeirentas e bares pobres.

O lobo da estepe foi escrito quando Hesse tinha 50 anos, como seu personagem, e estava profundamente influenciado pela psicanálise. O estilo adotado, altamente revolucionário para a época, foi elogiado por Thomas Mann, para quem, como novela experimental, O lobo da estepe era tão genial quanto Ulisses, de James Joyce.

 

Sidarta  (272 pág.)

Uma reflexão sobre a busca da sabedoria que encanta gerações, Sidarta é uma obra inesquecível. Fruto de uma viagem à Índia em 1911, foi publicado onze anos depois, em 1922.

Sidarta é um espírito rebelde que seguiu os ensinamentos de Buda, mantendo-se fiel à própria alma. Mas, como outros heróis do autor, Sidarta não trata apenas de devoção. Destila altas doses de angústia ocidental no confronto do individualismo com as ideias de iluminação. Na busca da verdadeira felicidade, o filho de brâmanes, favorecido na aparência, na inteligência e no carisma, torna-se um asceta. Para isso, segue um caminho tortuoso que o leva, através de um sensual caso amoroso com uma cortesã, das tentações à autocompreensão.

A sensibilidade harmonizada de Hesse com temas universais o fez referência da contracultura e precursor de questionamentos imperecíveis. Visionário, o autor foi um desbravador do misticismo oriental muito antes da corrida aos gurus orientais do século XX. Este romance lírico, baseado na juventude de Buda, retém a magia do escritor alemão – consagrado e cultuado não por oferecer respostas para dilemas ou formulações fáceis para aflições, mas por tecer envolventes universos e tramas repletas de empatia, sempre apontado a capacidade de sublimação do ser humano na busca de sua essência.

SOBRE O AUTOR:

Herman Hesse nasceu em Calw, na Alemanha, em 1877. Começou a vida profissional como livreiro, mas idealizando uma carreira literária, que de fato iniciou muito cedo, aos 21 anos, quando publicou suas primeiras poesias. A chamada “primeira fase” do escritor se estende até Knulp (1915), produzindo nesse período romances de grande valor, como Peter Camenzind (1904), Gertrud (1910) e Rosshalde (1914). Seu livro Demian foi publicado logo depois da Primeira Guerra Mundial, em 1919. Em protesto contra o militarismo germânico, Hesse era então um residente permanente da Suíça e sem dúvida figurava ao lado dos maiores ícones da literatura em idioma alemão. A profunda humanidade e a penetrante filosofia que impregnam seus livros foram confirmadas em obras-primas que produziu posteriormente, entre outras Sidarta (1922), O lobo da estepe (1927) e Narciso e Goldmund (1930), que com seus poemas, contos e um considerável número de trabalhos de crítica valeram-lhe um lugar muito especial entre os pensadores contemporâneos. Em 1946 ganhou o Prêmio Nobel de Literatura. Hermann Hesse faleceu em 1962, pouco depois da passagem do seu 85º aniversário.

Características

Características Gerais

Autor
HESSE, HERMANN
Editora
RECORD
ISBN
9788501305053
Ano Publicação
2021
Dimensões
18,00x12,00x3,40
Páginas
1008
Acabamento
CAPA DURA
Assunto
LITERATURA ESTRANGEIRA
Idioma
Português
Biografia do autor

Herman Hesse nasceu em Calw, na Alemanha, em 1877. Começou a vida profissional como livreiro, mas idealizando uma carreira literária, que de fato iniciou muito cedo, aos 21 anos, quando publicou suas primeiras poesias. A chamada “primeira fase” do escritor se estende até Knulp (1915), produzindo nesse período romances de grande valor, como Peter Camenzind (1904), Gertrud (1910) e Rosshalde (1914). Seu livro Demian foi publicado logo depois da Primeira Guerra Mundial, em 1919. Em protesto contra o militarismo germânico, Hesse era então um residente permanente da Suíça e sem dúvida figurava ao lado dos maiores ícones da literatura em idioma alemão. A profunda humanidade e a penetrante filosofia que impregnam seus livros foram confirmadas em obras-primas que produziu posteriormente, entre outras Sidarta (1922), O lobo da estepe (1927) e Narciso e Goldmund (1930

Produtos Relacionados

Sem Avaliações

Seja a primeira pessoa a avaliar este produto!

Sua avaliação vai ajudar muitas pessoas que desejam saber mais detalhes deste item. Em 2 minutinhos você consegue descrever e mostrar fotos do produto!

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.